x

Faça parte da Rede MMM

Informe seus dados no formulário abaixo para se tornar um membro da rede.
Para cadastrar-se é necessária a vinculação do seu perfil a no mínimo uma instituição
(escolas, universidades, institutos de pesquisa, empresas, associações, entre outros)
Campos Obrigatorios *
Nome: *

Instituição: *

Foto:
Retirar foto

 

E-mail: *

Senha: *
Confirmar Senha: *

Telefone:

Estado: *
Cidade: *

Ocupação:

Escolaridade: *
Data de nascimento: *

Desejo receber novidades sobre o Museu das Minas e do Metal



Encontrado na Austrália mineral Tranquilitita


Um mineral raro, chamado Tranquilitita, que se pensava existir só na lua, foi encontrado na Austrália. Descoberta surpreendeu cientistas, que acreditam ser possível encontrá-lo em outras partes do Mundo.

Imagem microscópica de uma rocha com cristais vermelho-acastanhados de traquilitita, assim como o colorido e brilhante piroxénio e ainda cristais pretos, brancos e cinzentos de feldspato.

A traquilitita havia sido encontrada, há quase 43 anos, na Lua. Foi uma das amostras de rocha trazidas pela missão norte-americana Apolo XI. Os cientistas desconheciam que podia, também, existir na Terra. "É incrível que a tranquilitita existiu este tempo todo nas rochas terrestres e passaram 40 anos desde que foi encontrado na lua para ser detectado", disse Birger Rasmussen, que liderou a equipa da Universidade de Curtin, na Austrália, que fez a descoberta, publicada na revista Geology. A tranquilitita deve o nome ao local onde foi encontrada pela equipa do Apolo XI, no Mar da Tranquilidade, na superfície lunar, em 1969. Após exames exaustivos, o mineral encontrado no Ocidente da Austrália é igual ao trazido da lua, há quase 43 anos, asseverou Rasmussen. A evolução da tecnologia, nos últimos anos, que permite desfazer as pedras num pó ultra-fino foi determinante para confirmar a descoberta, que começou com um acaso, quando os cientistas se encontravam "a analisar em detalhe pedaços de rocha par detectar electrões", esclareceu Rasmussen. O mineral, descoberto em 2009 e analisado durante dois anos para confirmar que era igual ao da lua, já foi encontrado em seis pontos da Austrália ocidental, em rochas como a dolerita, conhecida popularmente como granito negro, um dos últimos minerais que cristalizam do magma. "Acreditamos que a tranquilitita poderá ser encontrada em rochas semelhantes em outras partes do Mundo", argumentou Rasmunsen. O mineral, que é avermelhado e tem a forma de minúsculas agulhas, aparece em quantidades minúsculas e não tem valor comercial.



 
Data de publicação:  12/01/2012
Créditos:  http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=2227256&page=-1
Categoria:  Texto
Tags:   tranquilitita, mineral, lua
 
COMENTÁRIOS (0)

conteúdo enviado por:
Geociências M M M

em: 12/01/2012



MIDIATECA (313)

 
Todos os direitos reservados. Aspectos legais e responsabilidades.